24 de maio de 2015

0

Quebra-cabeça

 



No processo de formação educacional e cognitiva de uma criança, percebe-se a importância dos quebra-cabeças no desenvolvimento físico, neurológico, psicomotor, capacidade de concentração, noção espacial, percepção visual e aumento de conhecimento sobre diversos assuntos. Para Oliveira (1990), as atividades lúdicas são a essência da infância.

O quebra-cabeça:
Estimular a aprendizagem;
Desenvolver a atenção e o pensamento lógico;
Desenvolver a coordenação motora e da possibilidade de dominar o corpo;
Desenvolver a inteligência;
Favorecer o desenvolvimento da atuação da memória;
Desenvolver diferentes habilidades do pensamento como: observar, comparar, analisar e sintetizar.


FONTE/

Nenhum comentário:

google-site-verification: google261ea1355834037a.html